Parlamento Europeu lança concurso internacional para renovar arquitetura de edifício em Bruxelas

Vista aérea do conjunto arquitetônico do Parlamento em Bruxelas. Foto: Divulgação/União Européia

Esta publicação é uma tradução do texto original da União Internacional de Arquitetos (UIA)

O Parlamento Europeu iniciou um concurso internacional de design para a renovação do seu edifício plenário (SPAAK), localizado em um complexo de edificações no centro de Bruxelas. O procedimento para a seleção dos candidatos concorrentes, conforme destaca a União Internacional dos Arquitetos (UIA), foi aberto no último dia 26. Arquitetos interessados em participar da concorrência são convidados a se inscrever até o dia 9 de julho deste ano.

Organizado pelo Parlamento Europeu, o concurso internacional restrito de criação, de estágio único, será conduzido de acordo com os Regulamentos Padrões da UNESCO para Competições Internacionais em Arquitetura e Urbanismo e as recomendações de melhores práticas da UIA. Os organizadores da competição estão buscando uma abordagem sustentável, com forte ênfase em “operabilidade, manutenção, flexibilidade e adaptabilidade”. O novo Parlamento Europeu deve “incorporar as melhores práticas de durabilidade e sustentabilidade, com um equilíbrio considerado entre simplicidade e tecnologia inteligente”.


Procedimentos
O Parlamento Europeu selecionará candidatos (grupos de arquitetos, bem como membros líderes, juntamente com engenheiros de estruturas e especialistas em meio ambiente). No final do processo de pré-qualificação, os candidatos pré-selecionados serão convidados a enviar suas propostas de desenho, que serão avaliadas pelo júri. O júri enviará a lista de vencedores ao Parlamento Europeu, juntamente com o relatório de comissionamento e recomendações para desenvolvimento após a competição.


Júri
O júri será composto por 11 jurados votantes:
Rainer Wieland, Vice-Presidente do Parlamento Europeu
Pedro Silva Pereira, Vice-Presidente do Parlamento Europeu
Rudy Vervoort, Ministro-Presidente da Região de Bruxelas-Capital
Bety Waknine, Chefe do Serviço Público Regional de Planejamento e Patrimônio de Bruxelas
Marilyne Andersen, física e especialista em meio ambiente, Lausanne, Suíça
Kristiaan Borret, Urbanista e BouwMeester Arquiteta da região de Bruxelas-Capital
Manuelle Gautrand, Arquiteta, Paris, França
Dorte Mandrup, Arquiteto, Copenhague, Dinamarca
Carme Pigem, Arquiteto, Olot, Espanha
Kazuyo Sejima, Arquiteto, Tóquio, Japão
Dimitri Tenezakis, Arquiteto, Chefe da Unidade Principal de Projetos de Construção de Luxemburgo e Estrasburgo – DG INLO – Parlamento Europeu


Prêmios
Cada competidor pré-selecionado pelo júri, com base em seu projeto completo de design, em conformidade com as regras da competição, receberá o valor de 75.000 EUR (excluindo IVA).
O júri escolherá 5 vitoriosos entre os conceitos de design enviados e premiará entre eles. O valor total do prêmio será de EUR 400.000 (sem IVA/ Imposto sobre Valor Agregado).
Os prêmios serão os seguintes:
1º prêmio: 120.000 euros
2.º prêmio: 100.000 euros
3º prêmio: 80.000 euros
4º prêmio: 60.000 euros
5º prêmio: 40.000 euros


Cronograma
Período para perguntas durante o procedimento de inscrição (fórum on-line): 24 de junho de 2020
Prazo para inscrição: 9 de julho de 2020
Envio de convites para o concurso de design: setembro de 2020
Colóquio de Participantes: Data do convite + 2 semanas
Primeiro prazo para envio de projetos: data do convite + 12 semanas
Segundo prazo para envio do modelo e renderizações: primeiro prazo + 2 semanas
Reunião do júri: final de janeiro de 2021
Confirmação do projeto pelo Parlamento Europeu: fevereiro a março de 2021


Para mais informações, visite o site do concurso de Design do Parlamento Europeu:
https://www.european-parliament-design-competition.eu/projects_european-parliament-design-competition_home.htm

Notícias Recentes

Paulo Knauss

Uma constante contemplação e admiração pelo Rio de Janeiro, que se estruturou para ser vivido na rua, onde o sonho de seu povo toma formas

Andrea Queiroz Rego

Carioquíssima, como ela mesmo se define, a arquiteta, urbanista e professora, Andrea Queiroz Rego, diretora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da Universidade Federal

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin